30 janeiro 2010

Desvios da Verdade nos Ensinamentos de Dong Yu Lan

Desvios da Verdade nos Ensinamentos de Dong Yu Lan.
Testemunhos, relatos, etc.

http://afaithfulwitness.org/portuguese/teachings.html

102 comentários:

  1. Basta uma simples leitura no texto para, de acordo com a Unção do Santo que tudo nos ensina e o exercitar do dom de discernimentos dos espíritos, para se constatar que boa parte, não tudo, do que o irmão Dong e seus cooperadores disseram contra o LSM está de acordo com a verdade. São denúncias, em sua maior parte, verdadeiras e bem fundamentadas. Basta ler o texto sem o ranço do preconceito e com o espírito exercitado.

    ResponderExcluir
  2. Da mesma forma, quando denunciei os desvios e e dos absurdos do sistema localista de Dong e CIA, de acordo com a Unção do Santo que tudo nos ensina e o exercitar do dom de discernimentos dos espírito, os argumentos estavam mais que bem fundamentados. O rompimento por mais que sejam bem argumentados, não é o ensinamento que o próprio Dong prega: Negar a vida da alma a qualquer custo em prol da unidade - caso contrário é rebeldia. E os meus argumento são mais fortes e convicentes do que do Dong.

    ResponderExcluir
  3. Vejo toda essa confusao com muita tristeza. Tudo aquilo que se pregava na igreja acerca da unidade parece ter sido esquecido, pelos dois lados em questao. Parece-me que, tanto os irmaos que cooperam com o irmao Dong quanto os irmaos do LSM estao mais preocupados em determinar quem manda, ou quem esta correto, do que efetivamente proteger os santos que mantem comunhao no BRasil. Muito triste mesmo ...

    ResponderExcluir
  4. DEVEMOS PERMANECER EM cristo e fundamentados na palavra DE DEUS E PRINCIPALMENTE ESTARMOS FIRMES NA IGREJA COLUNA E BASE DA VERDADE NAO ATENTANDO PARA HOMEM ALGUM MAIS SEGUINDO O CABEÇA CRISTO. JU E ROSA.

    ResponderExcluir
  5. Com tristeza verifica-se o nível dos cristãos que estão brigando por uma posição, é notório a briga que está acontecendo, o seu verdadeiro motivo - VENDA DE LIVROS- não interessa a destruição que está causando, o que importa é o LUCRO. e o Senhor fica bem longe das verdadeiras intenções. JESUS É O SENHOR, foi ele que morreu para gerar a IGREJA.

    ResponderExcluir
  6. Tenho uma pergunta: A intenção da "restauração" do Senhor no Brasil, pregada por Dong Yu Lan é que o evangelho do reino alcanse todas as nações (cidades)ou que seus títulos (livros)sejam ainda mais difundidos?

    ResponderExcluir
  7. A bíblia afirma que o Senhor Jesus já naquela época pregava o evangelho do reino, e é lógico que nenhuma pessoa já estava salva ou que tenham antes ouvido o evangelho da graça. Não teria sido correto ter pregado primeiro o evangelho da graça?

    Mt 4:23 Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas
    sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de
    doenças e enfermidades entre o povo.
    Mt 9:35 E percorria Jesus todas as cidades e povoados, ensinando
    nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda
    sorte de doenças e enfermidades.
    Lc 4:43 Ele, porém, lhes disse: É necessário que eu anuncie o
    evangelho do reino de Deus também às outras cidades, pois para
    isso é que fui enviado.
    Lc 8:1 Aconteceu, depois disto, que andava Jesus de cidade em
    cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho
    do reino de Deus, e os doze iam com ele,
    Lc 16:16 A Lei e os Profetas vigoraram até João; desde esse
    tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo
    homem se esforça por entrar nele.


    A conclusão que se tira desses versos é que o Evangelho do Reino não é nada disso que Dong afirma ser, se fosse a biblia não estaria sendo coerente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomas , vejo que vc é muito mental!!
      A palavra é espiritual , com todo um contexto e cenário . Jesus fazia milagres para que cressem nele como o próprio Deus conosco. Ele não pregava que " Jesus salva", tipo: creiam em mim, eu sou o salvador de vcs.
      as pessoas criam nele,por ele ser a luz do mundo,pelos seus atos , não tinha como ele pregar o evangelho da graça, Ele é a própria graça. " e o verbo se fez carne , cheio de graça e de verdade".
      Por isso o Senhor dizia " arrependei-vos,pois está próximo o Reino dos Céus!!"
      arrepender-se , pedir perdão, são umas das etapas para receber a graça ou seja receber o próprio Senhor...
      Então sim , dps de se tornar um filho de Deus , recebemos a pregação do Evangelho do Reino , para completarmos nossa carreira cristã e nos tornarmos vencedores em Cristo Jesus !!!

      Excluir
  8. Tudo é p/ o Corpo de Cristo, o irmão Dong, segue seu ministério particular, a verdadeira restauração genuina do Corpo de Cristo existe e não é uma utopia, e sim uma realidade, e segue de modo triunfante em toda a terra, vcs. precisam conhecer intimamente a verdadeira restauração, depois se quiserem lançam juizo sobre amém?

    ResponderExcluir
  9. o irmão Dong, não quiz continuar caminhando em comunhão c/ as igrejas de outros paises e foi aos poucos se isolando, e com isso se tornonando mais uma religião, triste não???? se vc. não concordar c/ isso, é bom vc. buscar a verdade c/ todo empenho, e descobrirá seu ministério.

    ResponderExcluir
  10. TRISTEZA, A igreja é uma só, todo aquele que confessa que Jesus é o seu Senhor faz parte da igreja, e a Igreja é de DEUS e não de Homens, parem com essa luta pelo poder, pois vem do maligno e vocês teram que prestar contas co o SENHOR! param de dissiminar confusão e divisão.
    Sou pela Igreja de Cristo e não de homens.Portanto parem!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Sabe o que nós que estamos nesse movimento arvore da vida (posso falar assim pq. me reuni 20 anos nesse movimento e conheci bem de perto) e tb. fui uma daquelas que falavam na ignorância, nós achamos que existe somente a igreja no Brasil, irmãos pense bem, vcs. não veem como Cristo vê, ou vcs. não sabem que existem igrejas na China, Japão, e nos demais paises, e como diz aquele ditado Deus é brasileiro, acho que vcs. estão nessa crendice, pq. p/ vcs. só existe o Brasil e esse mover. E e os outros não não são nada???, considere as igrejas de um modo universal, vcs. acham que do outro lado do mundo, digo por ex. na China, esse alimento diário é lido lá??? de modo nenhum, mas existe um ministério, um falar, e um único corpo que se move através da expressão dos seus santos e mundialmente, irmãos vamos orar p/ o Senhor tirar as escamas de nossos olhos, p/ ter a visão novamente da igreja genuina, onde o Senhor é o único cabeça amém???

    ResponderExcluir
  12. O principal problema dos assim chamados "ministérios" é que seus promotores, na atualidade, querem impô-los sobre as igrejas locais. A igreja, em uma situação normal, seleciona aquilo que vem ou não de Deus, ou seja, se um ministério representa ou não a vontade do Cabeça, que é Cristo. O problema essencial do ministério de Dong Yu Lan é que ele impõe seu "apostolado" sobre as igrejas, e determinar o que elas devem seguir, praticar e ler. As igrejas, segundo a Bíblia, não são desse ou daquele ministério. Os apóstolos e seus ministérios geram as igrejas, mas ao gerá-las, não devem impor seus ministérios sobre elas. o domínio que se impõe é o da cabeça, por meio da comunhão com todo o Corpo de Cristo. A primeira carta de Paulo aos Coríntios deixa isso bem claro. Todos os ministérios podem (se adequados debaixo da soberania de Cristo) ser aceitos pela igreja, mas a igreja jamais deve pertencer a este ou àquele ministério. Os ministérios são da igreja e não a igreja dos ministérios: "Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso:seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, sejam as coisas presentes, sejam as futuras, tudo é vosso,e vós, de Cristo, e Cristo, de Deus." (1 Co. 3:20-23.
    Qual o erro de Dong Yu Lan? Ele proclamou seu próprio ministério como sendo "o mover atual do Senhor", menosprezando todo o restante do Corpo que reúne-se segundo a visão das igrejas nas localidades. Ao fazer isso, de forma individual, apoiado por parte (não todos, pois vários se afastaram de tal procedimento) de seus cooperadores, o irmão proclamou o território sul-americano como seu, desviando da comunhão universal do Corpo de Cristo. Se ele não concorda com os demais cooperadores no mundo, isto é um problema de opinião meramente, e para isso, tomamos a cruz, sacrificamos nossas opiniões e visões próprias e caminhamos junto com o Corpo. Entretanto, seu ministério se desviou de tal comunhão, e a cada dia o desvio se torna mais acentuado. Para aqueles que reuniram até meados dos anos 90, devem lembrar que a prática de estabelecer a mesa da unidade em uma localidade era precedido de um longo período de comunhão, tendo em visa que a comunhão do Corpo determinasse o estabelecimento da mesa do Senhor em uma localidade. Isso levava anos, e a igreja precisava ter um bom número de irmãos bastante claros sobre a realidade. Infelizmente, hoje vemos localidades com poucos meses de igreja (às vezes 3 meses apenas)que passam a partir do o pão, onde os irmãos simplesmente acham que estão tomando "a santa ceia". Este é um dos muitos, muitos mesmo, desvios cometidos pelo ministério divisivo de Dong Yu Lan.
    Oramos para que o Senhor ilumine seus filhos, principalmente aqueles que já tiveram contato com a visão da unidade do Corpo de Cristo.

    ResponderExcluir
  13. A divisão, nesse caso, deveu-se principalmente a disputas entre as lideranças da obra no norte e no sul. É uma briga de obreiros, que induz os membros das igrejas a se posicionarem em torno de lideranças ministeriais divisivas.
    No caso do problema de divisão entre os coríntios, ao que tudo indica, os obreiros estavam coesos, porém, os santos, devido a infantilidade, tinham preferências por este ou aquele obreiro. Agora vemos um inversão e fica patente que as crianças estão na obra...

    ResponderExcluir
  14. Meu irmão, não é nada disso viu...sinto ti informar, se vc. fazer uma busca criteriosa, franca, verdadeira, sem pender p/ esse mover arvore da vida, poderá INFELIZMENTE, ver, que na verdade houve um desvio por parte dos lideres do Brasil (aquela historinha que foram expulsos) por favor não concorde c/ ela, ou pelo menos vai conferir se é isso mesmo que aconteceu, (não acredite no que ouviu, e busque evidências e provas) e verás. não temas a verdade!!!!

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente IL do Brasil tornou-se num "dongsmo" do molde "papado" do catolicismo. E ainda, tornou-se uma seita com fins lucrativos, a colportsgem por exemplo, tem todos elementos para ser considerado um trabalho escravo. É só consultar um especialista.
    Quanto ao historinha, tenho experiência como poucos nessa seita - "negar a vida da alma a qualquer preço"; "Manter a unidade é a lema principal, negando a vida da alma"....
    No mínimo Dong e seus discípulos deveriam também ter negado a vida da alma parando de publicar os seus livros plagiados, e isso teria sido nada diante das aberrações qua acontecem pelos loteamentos regionais criados pelo papa da IL do Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. moiseslbm@hotmail.com31 março, 2012

      As congregaçoes evangelicas sabem refutar o catolicismo,mas se esquecem que tem algo à aprender com eles...... Como a unidade do catolicismo romano conseguiu por tantos seculos manter uma unidade mundial que so foi rompida com lutero.Sendo que Nem lutero queria mexer na unidade da igreja catolica,pelo seu temor a Deus, mas queria a principio reforma-la pelo resgate do ensino Biblico. Agora porque achamos tão impossivel nos tornar uma igreja em uma cidade?? Sendo que este e o requisito mínimo para se expressar na localidade a igreja universal!nos vemos o cumprimento desta palavra nas escrituras neotestamentarias. Por um lado temos a unidade catolica que na verdade e um sistema mundano e religioso querendo fazer uma só igreja na orbe, na outra extremidade os evangelicos divididos numa certa localidade quer por placas, doutrinas palavras, contendas,lucros adm, e por fim a divisão do corpo. Agradeço a Deus pelos meus irmãos evangelicos que são de grande expressão, mas, oro a Deus que um dia o Senhor ordene a sua igreja e que estejamos unidos e coordenados numa unidade visivel e pratica pela qual o Mestre dos mestres orou a Deus dizendo: Jo 17.21 "para que todos sejam um;assim como tú, ó Pai és em mim, e eu em ti, que tambem eles sejam um em nós para que o mundo creia que tu me enviaste"! As pessoas tem sede de Deus, mas, estão com uma seria dificuldade de crer em Jesus por causa de nossas confusões.

      Excluir
  16. O que é este bookafé que estão implantando nas igrejas locais? Quem poderia me responder e tirar minhas dúvidas. A Igreja é do Senhor.

    ResponderExcluir
  17. É mais uma empresa com fins lucrativos para expansão da obra.

    ResponderExcluir
  18. não poderia deixar de falar, Donguistas, prestem atenção e vão atrás de informação que vcs. estão sendo enganados, vcs. sabiam que dois de seus lideres chineses da família mah, estiveram em uma conferência no eua em 12/2007, nessa época eles já pregavam p/ os amados irmãos não se misturarem com os divisivos, poq pegariam lepra, agora algum donguista pode me responder, eles será que estão imunes então???? pq estão bem no meio dos irmãos dos eua, será fazendo o que hein??? SAI DELA POVO MEU.......

    ResponderExcluir
  19. Que o ministério Donguista incorreu em um desvio que a cada dia se torna mais grave, não é mais um mistério, exceto para aqueles que o seguem cegamente. Contudo, é possível, ou melhor, é fato concreto que os "irmãos entremesclados" de fato promovam a vida normal da igreja, no sentido de que permitam que as igrejas locais recebam a o ministério de Witness Lee, mas não como ministério predominante e determinante. Se alguma igreja local, ou algum presbítero, apontar algum equívoco no ministério de Witness Lee, qual seria a posição dos "irmãos entremesclados" a respeito disso?
    Vale lembrar que os ministérios são para as igrejas, e não o inverso, ou seja, os ministérios não devem se impor e controlar qualquer igreja local, intervindo em sua administração. Será isso uma prática normal entre os "irmãos entremesclados" ou eles simplesmente eliminam quem quer se oponha ao "ministério".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MOISESLBM@HOTMAIL.COM31 março, 2012

      E BIBLICO QUE CADA IGREJA TENHA PRESBITEROS EM CUJA ADMINISTRAÇÂO O ESPIRITO SANTO EXERÇA VONTADE PRÓPRIA E POSSA COM AUTORIDADE ORDENAR A SUA IGREJA E OS IRMÃOS QUE NELA ESTÃO VINCULADOS PELAS JUNTAS E LIGAMENTOS NO CORPO DE CRISTO. PARA TANTO E PRECISO QUE NÃO HAJA SISTEMAS RELIGIOSOS, NEM INFLUENCIAS DE MMINISTERIOS COM IDEIAS FUNDAMENTALISTAS E INDIVIDUAIS. CADA IGREJA DEVE TER A SUA ADM.COM AUTONOMIA EM SUAS DECISÔES E QUE ESTAS, ESTEJAM DE ACORDO COM A SÂ DOUTRINA E AUTORIDADE DO ESPIRITO SANTO, ATUANDO NA VIDA DA SUA IGREJA. CONTUDO AS IGREJAS DEVEM ESTAR EM COMUNHÃO UMAS COM AS OUTRAS E SE AJUDAREM MUTUAMENTE, SEM QUERER EXERCER DOMINIO E NEM COERÇÃO. AGORA ESTAS COISAS NÃO PODEM SER PRATICADAS DENTRO DE UMA LOCALIDADE QUE ESTA PULVERIZADA DE VARIAS IGREJAS- CASAS OU DENOMINAÇÕES, EU SONHO E DEFENDO A IDEIA DE AS CONGREGAÇÕES SE UNIREM EM TORNO DE UMA ADM PRESBITERIAL QUE OUSEM SEREM ABSOLUTOS PARA COM DEUS, E QUE OS IRMÃOS PASSEM A SE REUNIR DE CASA EM CASA CONFORME3 JERUSALEM NA PLENITUDE DO ESPIRITO. AMEM

      Excluir
  20. Sobre o ministério é sim p/ a edificação do corpo, a igreja, os irmãos entremesclados, assim como todos que reunem na base genuina da unidade do corpo de Cristo, estão debaixo de um único ministério, ou seja somos uma continuação do ministério de Paulo, W. Lee, do modo como os Donguistas criticam quem não são um com o ministério deles, eles pregam que existe um ministério que controla as igrejas, isso não é verdadeiro, em função disso deixaram a verdadeira restauração genuina do corpo universal de Cristo, e se auto intitulam como o Ministério do Espirito e Vida, segundo eles, todos estão no ministério judicial, menos eles, e mais na restauração não existem ministérios diferentes mundiais, existe somente e simplesmente o ministério.

    ResponderExcluir
  21. Mas as igrejas devem mesmo estar debaixo de um único ministério?
    Vejamos o que o Ir. Nee escreveu no livro "A vida cristã normal da igreja", ed. Árvore da Vida, edição de 2003:

    "Gravemos em nosso coração que nossa obra visa ao nosso ministério, e nosso ministério visa às igrejas. Nenhuma igreja deve submeter-se a um ministério específico, mas todos os ministérios devem submeter-se à igreja. Que devastação tem sido causada na Igreja pelo fato de que seus ministros têm buscado conduzir as igrejas para debaixo do ministério deles, em vez de, pelo ministério deles, servir as igrejas. Assim que são conduzidas para debaixo de algum ministério, as igrejas cessam de ser locais e passam a ser facciosas (...) Se o Senhor tardar a Sua vinda, e Seus servos permanecerem fiéis a Ele, Ele certamente levantará novos ministérios na Palavra." (p. 151-152)

    E mais:

    "Nas Escrituras, os obreiros formavam grupos, mas isso não implica que todos os apóstolos juntavam-se num só grupo e punham tudo sob um só controle central. Embora Paulo tivesse os que o acompanhavam, e Pedro tivesse seus companheiros, eles compreendiam somente alguns apóstolos, e não todos. A Palavra de Deus não nos mostra que todos os apóstolos deveriam formar um só grupo. (...) A explicação é esta: Deus não deseja que o poder da organização substitua o poder do Espírito Santo." (p. 168-169)

    e por fim:
    "Uma questão surge naturalmente: Como devem cooperar os obreiros e as associações da obra? A um grupo, Deus dá um tipo de ministério, e a outro, uma forma totalmente diferente de ministério". (p. 171)

    O discurso do único ministério tem sido um grande devastador da unidade. E, para aqueles que defendem que o ministério de Witness Lee foi um fiel continuador do ministério de W. Nee, aí vai um trecho de seu livro "O ministério do Novo Testamento", onde o Lee propõe seu novo modelo ministérial, que, para aqueles que conheceram a situação e tem um pouco de memória, foi na verdade uma reação aos movimentos de contestação ao seu ministério no final dos anos 70 e início dos 80:

    "Havia uma razão para o problema em Corinto, onde alguns diziam: 'Eu sou de Cefas', 'Eu sou de Apolo' e 'Eu sou de Paulo'. Se Pedro tivesse agido e trabalhado na atmosfera, cor, e sabor de Paulo, sendo absolutamente um com ele, ninguém em Corinto teria dito que era de Pedro e não de Paulo. Se Apolo tivesse trabalhado, pregado, agido, e vivido de maneira tal que o sabor, a cor, e a atmosfera se encaixassem totalmente com a maneira de Paulo, ninguém teria dito que era de Apolo e não de Paulo. Havia três esferas de influência ali. Uma era de Pedro, outra de Apolo e outra de Paulo". (p. 34).

    O ir. Lee defendia que todos devem ter o mesmo "sabor". Entretanto, o ir. Nee entendia que os ministério, biblicamente, são diferentes, mas com um objetivo, que é alcançado por meio da cooperação e comunhão. Quem está com a razão?

    Infelizmente, o ir. Lee incorreu em um erro gravíssimo, não só de hermenêutica, mas também de exegese, ao atribuir o erro dos coríntios aos vários ministérios, ou em suas palavras, "influências". Na verdade, o próprio Paulo afirma que o problema era que os coríntios eram "carnais" e "crianças em Cristo" (1 Co. 3:1) e não a influência dos ministérios. Na verdade, o próprio Paulo afirma que os ministérios eram um: "Ora, o que planta e o que rega são um; e cada um receberá o seu galardão, segundo o seu próprio trabalho." (3:8).

    ResponderExcluir
  22. Se por um lado, o ministério de Dong Yu Lan promove a divisão, a edificação de igrejas "ministeriais" e não locais, por outro lado, os "irmãos entremesclados" promovem algo semelhante, se impuserem o ministério tanto de Nee quanto de Lee como base de comunhão. Se eles desconsideram outros ministérios genuínos, alegando que o único capaz de edificar o Corpo de Cristo é o ministério "da Era", estão semelhantemente destoando do que a Bíblia afirma, e ainda, destoando do ministério de W. Nee.

    Os ministério são para as igrejas, e não as igrejas para os ministérios. No livro de W. Nee já citado aqui, ele coloca insistentemente esse aspecto da verdade. Se um ministério, por mais que proclame defender a verdade, agrupar igrejas locais em seu entorno, ele será também divisivo, e, se me permitirem citar Witness Lee no seu extremismo e distorção da verdade, "será satânico".

    ResponderExcluir
  23. Irmão p/ entender-mos de forma prática, sem complicação, o que Paulo fazia no passado, ele lutou por esse ministério, sim p/ a edificação da igreja, e hoje não é diferente, o Senhor quer um lugar de descanso, de unidade, Sião, existe um lugar que dá esse testemunho, e tem tudo a ver c/ o próprio Senhor, ou seja a igreja dá o testemunho do próprio Cristo, a unidade p/ vc. então é uma utopia, a oração de João 17, é uma realidade, existe sim um único ministério que está em toda terra, a restauração segue de modo triunfante e tem o mesmo falar em toda a terra, e realmente É UM ÚNICO MINISTÉRIO. O QUE É FALADO AQUI, É FALADO NAS FELIPINAS, TAIWAM, FRANÇA, INGLATERRA, SEGUIMOS TODOS NESSE UNICO MINISTÉRIO.

    ResponderExcluir
  24. Infelizmente, amado irmão, no seu comentário você está confundindo o Corpo de Cristo, que é único, com ministério, que segundo a Bíblia, deve ser diversificado. Esse discurso de um único Ministério, que sorrateiramente tem se confundido ao único corpo de Cristo, não é bíblico.
    A diversidade das realizações dos ministros visa a unidade, mas não se baseiam na uniformidade. "E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo" (1 Co. 12:6) já afirmava o apóstolo Paulo.
    Confundir a unidade do Corpo de Cristo com a uniformidade de ministérios, ou em outras palavras, achar que a unidade do Espírito citada em Efésios 4 é ter "o mesmo sabor, odor", é impor uma uniformidade humana, substituindo a unidade divina.
    Se há um "só falar" no mundo, este falar não deve ser "ministérial", mas referente à unidade do Corpo, promovido pelos muitos ministérios. Deixando claro, é evidente, que ministérios aqui não dizem respeito a denominações diferentes, mas ao exercícios dos homens-dons. O único ministério de que fala o novo testamento é o "ministério do espírito", que é o "ministério da nova aliança" cujo o sumo-sacerdote é o próprio Senhor, e não o ministério de um homem-dom.
    Portanto, deve-se perguntar se o ministério do qual você fala é o de levar Deus por meio do Espírito aos homens, sendo que o mesmo Espírito promoverá a unidade, ou se é o ministério de W. Lee, chamado de ministério "da era".

    ResponderExcluir
  25. O problema é que este discurso do "único ministério" ou "único falar" é usado como delimitador do que é ou não "restauração" (rótulo estranho e desnecessário), reservando à parte todo e qualquer ministério, seja legítimo ou não. Este "único falar", que é um ensinamento centralizador, defende que as igrejas devem ser iguais em forma e prática. No capítulo 3, intitulado "Um em: ensinamento, prática, pensamento, palavra, essência, aparência e expressão" do livro "Unanimidade para o mover do Senhor", W. Lee este argumento falando das sete igrejas da Ásia, citadas em Apocalipse 2 e 3: "Os Irmãos Unidos insistiam em ter assembléias locais separadas e até ensinavam que nenhuma devia parecer-se com a outra encorajando-se a ser diferentes (...) Diziam que as igrejas devem ser diferentes baseados no fato de que cada epístola às sete igrejas, em Apocalipse 2 e 3, é diferente uma da outra. Isso está absolutamente correto. Elas são diferentes uma da outra, mas em coisas negativas (...)". W. Lee ainda argumenta que os candelabros são todos identicos por conta da natureza divina, que é o ouro, no capítulo 1 de Apocalipse. Mais uma vez, o ir. Lee incorre em exegese controvertidade. As sete igrejas não diferentes apenas em coisas negativas, mas em coisas positivas também! Se todas tinham sete castiçais e eram feitas de ouro, isso diz respeito à natureza divina que habita em cada crente, independente se ele está nas denominações, no catolicismo ou na base da unidade. A aparência dos candelabros nada tem a ver com as práticas! Tem a ver com natureza divina.Não entendo como pode ser tão difícil perceber que foram tantos apóstolos quanto tantos eram os ministérios, e cada um praticava a visão na medida em que ganhava do Senhor em vida divina. entender que todas as igrejas devem ter práticas iguais é considerar ou que todas são elevadas na natureza ou não de forma igual. Isso é um absurdo!
    Um argumento utilizado para defender essa tese do único ministério, única prática e aparência, é de que assim fazendo, as confusões cessarão nas igrejas. Contudo, confusões sempre farão parte da pauta das igrejas locais, pois lidamos com pessoas de carne e osso. Na igreja primitiva, as confusões eram uma constante, mas ainda eram igrejas legítimas. Contudo, o problema supremo que levou ao declínio da vida da igreja no princípio foi a degradação promovida pela uniformização e supremacia de "um único falar", que passou a controlar todas as igrejas. Se o princípio da localidade não for respeitado, e se um "único ministério" monopolizar todo o falar de Deus que deve ser promovido pelos muitos ministros de Cristo nos seus muitos ministérios, tal degradação será novamente uma realidade, só que agora, na forma de Laodicéia: "Oh, temos o único falar, temos o ministério, temos tudo, tudo foi revelado a nós etc, etc, etc", proclamação de muita riqueza, mas expressão de grande pobreza espiritual.

    ResponderExcluir
  26. De novo posso lhe assegurar, vc. deve ter tomado sua experiência péssima que foi aqui no Brasil, pois eles acham que estão expresando a verdade genuina do Corpo, quando na verdade, não estão na realidade do Corpo de Cristo, o ministério a qual o irmão insiste em falar, é o único capaz de edificar a igreja, vc. mesmo não disse que o ministério é para a edificação do corpo de Cristo, pois então meu caro irmão, é isso o que acontece, como pode a igreja brilhar como um candelabro, ela expressa a verdadeira glória de Deus, e isto não é superficial, me diz quem está dando testemunho de Cristo nessa era???não me diz que em qualquer lugar, pq antes de acontecer a vinda de Cristo, o mundo vai saber que existe sim, um povo que realmente expressa a unidade genuina de Seu Corpo, o ministério que vc. critica de W. Lee, é o mesmo de Paulo, é p/ o Corpo de Cristo, além do mais, irmão, Cristo, Paulo, W. Lee, fazem parte de um mesmo ministério, do jeito que vc. aborda esse assunto em sua mente (Somente o Senhor p/ saber), mas passa a impressão, de que Paulo, os apóstolos de um modo geral, W. Lee, a restauração hoje, se diferem em ministérios, quando todos esses, usaram seu ministério p/ um unico objetvo, a edificação do corpo de Cristo amém????

    ResponderExcluir
  27. Em primeiro lugar, amado irmão, não se está tratando aqui da experiência a nível de Brasil, e sim a nível mundial, especialmente o americano e europeu, dos quais tenho conhecimento, e tive a oportunidade de experienciar a vivência das igrejas. A imposição do “único ministério” tem causado mais danos do que benefícios! Basta visitar algumas igrejas da América do Norte e algumas de Europa, especialmente a de Sttutgart na Alemanha, para atestar o dano causado pelo “único ministério”. Pesquisando pormenorizadamente a respeito dos tumultos eclodidos no final dos anos 70 e, principalmente, no decorrer dos anos 80, em especial os tumultos relativos à administração de Philip Lee (filho de W. Lee) à frente do LSM, você irá entender a influência nociva de tal centralização e uniformização de ensinamento. Contudo, NÃO É SOBRE EXPERIÊNCIA que estou tratando aqui, é sobre ser este “único ministério” bíblico ou não! Lendo principalmente 1 Coríntios capítulos 3 e 12, e Efésios capítulo 4, não é difícil entender que não há “ministério único” exercido por um homem-dom (ou apóstolo) em todo o Novo Testamento. O ensinamento do único ministério é uma “suposição”, uma “inferência” feita por W. Lee, que não condiz com um ensinamento específico da palavra. Por outro lado, Paulo é categórico em afirmar a diversidade dos ministérios. O grande erro que se comete é o de confundir os ministérios dos homens-dons com o “Ministério”, que o ministério da Nova Aliança, relatado em 2 Coríntios capítulos 3 e 4, que diferia no ministério da morte, do Antigo Testamento. Os “irmãos entremesclados” partem do pressuposto de que o ministério de W.Lee é IGUAL ao Ministério da nova aliança. Edificar o Corpo de Cristo não função de um único ministério de um único homem-dom! É por isso que Deus concedeu “apóstolos” e não “apóstolo”: “E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo” (Ef. 4:11-12). De forma mais precisa, quem edifica a igreja são os próprios santos, nas igrejas locais, desempenhando o seu serviço. É por isso que “um único” ministério jamais seria capaz de fazer com que todas as igrejas locais tivessem seus santos aperfeiçoados e desempenhassem seu serviço para a edificação do Corpo de Cristo. Portanto, você dizer que o “único ministério” é o único capaz de edificar o Corpo de Cristo, é o mesmo que por mais que algum santo se afadigue na palavra, labute na verdade, obtenha revelação do Senhor, ele empregará em vão o seu tempo, a menos que siga os ensinamentos do “único ministério”.

    ResponderExcluir
  28. Esse tipo de pensamento é extremamente daninho, e leva as igrejas a uma vida da igreja programável e fria. Certo irmão “entremesclado” afirmou categoricamente em uma conferência realizada em uma capital do Nordeste, que A BÍBLIA NÃO É SUFICIENTE, e que você precisa do ministério para obter revelação da verdade. Por culpa desta declaração infeliz, um grupo de irmãos de uma cidade vizinha (que já haviam se desiludido com o ministério de Dong Yu Lan) que participaram daquela conferência (realizada em março de 2010 e está gravada em DVD) tiveram nova desilusão, entendendo que tudo nada mais é que “venda de livros” e imposição de um ensinamento e ministério. Muito embora, outro “irmão entremesclado” tenha afirmado em conferência realizada em São Paulo, em dezembro de 2009 (também gravada em DVD), que o ministério não domina as igrejas e não promove a uniformização das práticas, em todas as mensagens faziam questão de promover a Versão Restauração em Português, e promover as notas de rodapé. Em um esboço distribuído entre as igrejas que mantêm comunhão com tais “irmãos entremesclados” há a afirmação que “a Versão Restauração com suas notas de rodapé são a melhor maneira de conhecer e propagar a verdade”. Por fim, já temos notícias que determinados irmãos responsáveis, que prevendo um novo domínio ministerial, tem evitado promover os livros e o Reavivamento matinal nas suas igrejas, o que tem provocado uma reação por parte do LSM, que, tendo distribuído um número massivo de Versões Restauração entre os meses de abril e maio, agora pretende mandar jovens do FTT e irmãos de tempo integral para se estabelecerem em tais igrejas, a fim de anular tais “opositores” e promover o ministério atendendo aos contatos feitos por meio da distribuição. Estas são apenas algumas questões que levantei para alertar-lhe de que não parto de experiências específicas do Brasil.
    Amado irmão, precisamos ser como os irmãos de Beréia. A verdadeira necessidade desta era é que voltemos À BÍBLIA, A NADA MAIS DO QUE A BÍBLIA, julgando todo e qualquer ministério que tente aproximar das igrejas locais, tanto seus ensinamentos quanto suas práticas à luz da Bíblia. Não adianta ter um excelente ministério, e não ter presbíteros nas igrejas cheios da palavra, maduros, promovendo o aperfeiçoamento dos santos nas igrejas locais. Se você atentar à luz da Palavra, e por meio do ministério de W. Nee, a respeito de tal grupo chamado “irmãos entremesclados”, notará que é um grupo centralizador, que é condenado pelo próprio irmão Nee no livro “A vida cristã normal da igreja”. Contudo, vivemos em um país livre, onde se pode acreditar no que quiser. Se quiser acreditar em tal “único ministério”, fique à vontade. Deus te abençoe e te guarde de um provável desapontamento.

    ResponderExcluir
  29. Irmão, não atente para coisas exteriores, o que edifica realmente as igrejas não são os santos de uma forma genérica, o que edifica é o próprio Senhor, partindo da premissa, de que o Corpo de Cristo é Cristo, e Cristo é a Igreja, então o testemunho verdadeiro e genuino de unidade, é hoje quem expressa o testemunho de Jesus, ora, se o Senhor, era testemunha do Pai, logo a igreja é testemunho de Jesus, esse homem corporativo existe, e a restauração segue irmão, de modo triunfante, por meio do ministério de Cristo, dos Apóstolos, e a igreja sim está sendo edificada. esse homem corporativo está sendo gerado, e há um testemunho desse homem corporativo, o corpo de Cristo se movendo, através dos seus santos em toda a terra. irmão olhe para os frutos do ministério,(a vida dos santos devem prosseguir em santidade, pq estão comprometidos com a própria pessoa do Senhor) assim fica mais fácil de vc. discenir se há edificação ou não através do ministério, irmão existe esse ministério p/ ajuda e edificação do Corpo, a meta é o corpo de Cristo, o ministério existe justamente p/ isso, o alvo é o corpo, tudo p/ o corpo, viver p/ o corpo, receber suprimento do corpo, e quanto a literatura do reavivamento matinal, é p/ ajuda no Corpo também, o irmão já desfrutou alguma vez esse alimento???

    ResponderExcluir
  30. Nossa! que propaganda!
    E a Bíblia, pura e simplesmente, você já???

    ResponderExcluir
  31. Infelizmente, esse discurso "espritual" de não olhar para as "coisas exteriores" em nada tem de diferente do discurso pelo ministério de Dong Yu Lan. A natureza de uma árvore se expressa em seus frutos, e se desprezarmos os frutos, jamais conheceremos a natureza da árvore. É triste notar-se que as pessoas defendem de forma cega um ministério humano e abandonam a verdade bíblica, tudo isso por detrás de um "manto" espiritual e doutrinariamente alinhado.

    ResponderExcluir
  32. mesmo querendo defender os projetos de Dong e Lee, e os seus continuadores, não é difícil perceber que são "farinha" do mesmo saco. Alimento Diário e Reavivamento Matinal são instrumentos semelhantes de imposição de um Ministério unificado. O nosso amado irmão que procura defender o único ministério esquece do que a Bíblia diz, e reproduz o que Witness Lee tentou sempre inculcar na mente dos crentes. Não é que no ministério de Lee e até no de Dong não se tenha algo de proveitoso, porém, suas práticas de controle são extremamente aberrantes!

    ResponderExcluir
  33. não se trata de comparar um e outro, existe um único ministério que pode edificar a igreja, considere o ministério de Paulo, o próprio Senhor Jesus, edificava ou não as igrejas? alguem tem coragem de falar algo contra??? e hoje esse ministério continua, é o mesmo e tem por finalidade a ajuda para o corpo, IRMÃOS POR FAVOR NÃO CONFUDIR O MINISTÉRIO DE EDIFICAÇÃO COM CONTROLE sobre as igrejas, são assuntos extremamentes opostos, esse pensamento de controle é algo sistematizado, e o corpo não aceita, o ministério não existe p/ um controle das igrejas e sim p/ seu crescimento, considere isto, vcs. realmente estão julgando sem saber, ministérios diferentes trazem divisão, quer o maior exemplo que os irmãos que reunem c/ o ministério do Dong.

    ResponderExcluir
  34. Jesus e Paulo, e os outros apóstolos, realmente buscavam edificar o corpo, incluindo todos os membros...mas... procure saber que se W. Lee e Dong incluem como igreja os que não se alinham aos seus ministérios! Pergunte aos seus cooperadores! Não... faça melhor... proponha a algum irmão entremesclado o estudo da bíblia nas reuniões, sem o uso de livros do "ministério"! veja e comprove...
    Edificar o corpo é incluir! Quem o "ministério" inclui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. moiseslbm@hotmail.com31 março, 2012

      Olhe pelo lado bom, pois no minimo podemos aprender com eles a questionar qual foi afinal a pratica da igreja do 1 seculo? qual o modelo de igreja e funcionamento que o Espirito Santo direcionou os apostolos? Jerusalem podia ter mil reuniões de grupos caseiros, por serem os cristãos ali incontaveis, porem, esta escrito: A igreja em jerusalem, esta no singular "eclesia" jerusalem e uma unidade. assim tambem as outras igrejas tambem seguem o mesmo raciocinio. antioquia etc. quando se fala "igrejas" os apostolos se referiam a uma provincia contendo muitas cidades e muitas igrejas como no caso de: Judeia, galacia, e Azia: e em cada cidade paulo, pelo Espirito Santo, constituia bispos para apascentar os irmãos que se reunia e que moravam naquela localidade. não defendo nenhum movimento ou grupos, mas vamos buscar este assunto numa boa consciencia diante de Deus e livre de qualquer influencia, examinai as escrituras...

      Excluir
  35. Irmão, me responda qual o unico ministério, que pode edificar as igrejas locais???O Deus triúno como a dispensação, ou seja o ministério que estamos falando é o próprio Cristo, puxa que incredulidade para com o ministério, então vc. não crê no ministério de Cristo, se vc. concorda como os irmãos da Congregação Cristã, em ler somente a biblia tudo bem.... mas vou ti fazer uma pergunta e espero que responda sinceramente, se não fosse a literatura que nos abre a santa e saudável palavra de Cristo, o irmão teria a visão da igreja???? irmão de novo volto a afirmar, esse ministério o qual o irmão desqualifica, é o mesmo que o Senhor ministrava aos seus, e através deste mesmo está sendo formado o homem corporativo, sua igreja, esse ministério não é p/ controle das igrejas e sim para a edificação considere isto. vc. diz que edificar o corpo é incluir olha p/ o cristianismo caido e degradado, se for assim pode entrar tudo quanto é ministério diferente, o unico que pode edificar é o ministério do Deus triuno ser dispensado aos seus santos. essa é a economia de Deus. puxa irmão se o Senhor disse que vai edificar as igrejas ele irá, e através das igrejas locais. seu candelabro!!!

    ResponderExcluir
  36. Muito bem! O Senhor irá edificar pelas igrejas locais... não igrejas ministeriais! Amém pelo irmão Nee ter esclarecido a questão da base local, que é a base bíblica, para todos nós. Amém pelo ir. Lee ter propagado pelo mundo o ministério de W. Nee. Mas a CAPACIDADE de edificar o corpo de Cristo não é de um ministério: somente os santos aperfeiçoados NAS IGREJAS LOCAIS é que edificam o corpo. Felizmente, nenhum outro ministério, que objetiva levar Cristo aos outros, faz tanta propaganda como os defensores do ministério de W. Lee, como sendo o ÚNICO CAPAZ! A legitimidade dos ministérios bíblicos vem do fato de nunca de auto-promoverem, mas promoverem apenas Cristo como o centro de todas as coisas, e é por isso que tantas pessoas ao redor do mundo tem sido salvas! Confio e creio no ministério de Cristo, o sumo sacerdote, confio nos ministérios de Paulo, Pedro, João, Apolo, e no de muitos outros que objetivaram promover o reino de Deus em unidade, mas desconfio de ministérios auto-promovidos e prepotentes que assumem-se como ÚNICOS! E isso não com base no preconceito, mas na experiência e por meio da leitura de sua obra. Sustentar essa unicidade ministerial é a grande diferença do ministério de W. Lee do de W. Nee, de Paulo e de Cristo. W. Nee ia muito bem, até cometer esse equívoco absurdo. Você falou: "vc. diz que edificar o corpo é incluir olha p/ o cristianismo caido e degradado, se for assim pode entrar tudo quanto é ministério diferente, o unico que pode edificar é o ministério do Deus triuno ser dispensado aos seus santos". Cristo é "inclusivo" ou "exclusivo"? Outra pergunta: estamos tomando como referência aqui o "cristianismo degradado" ou a Bíblia? Para mim, a referência é a bíblia! Em nenhum momento lembrei ou mencionei o cristianismo de forma geral. E incluir não é receber "tudo quanto é ministério", é não impor qualquer outro ponto que seja a fé comum, que para lhe lembrar, estão descritos em Efésios capítulo 4:1-6. Impor um ÚNICO MINISTÉRIO não é bíblico! Por favor, meu amado, dê-me uma referência bíblica de que todas as igrejas do Novo Testamento estavam debaixo de um ministério de um único apóstolo, e ficarei tranquilo.
    Se você atentar com mente aberta, livre de bitolas, irá perceber pela Bíblia que até mesmo a base na unidade na Bíblia, uma igreja uma cidade, não é um ensinamento doutrinário. É uma prática que surgiu de forma natural entre as igrejas. Da mesma forma, os ministérios que surgiram, também surgiram de forma natural, onde nenhum apóstolo dizia: "ESTE MINISTÉRIO, QUE É O DA ERA, É O ÚNICO CAPAZ DE EDIFICAR O CORPO DE CRISTO!". Amado, esqueça a degradação do Cristianismo. Olhe para a Bíblia, seja como os nobres irmãos de Beréia (At. 17:11) e compare o "único ministério" com a Bíblia e veja se há procedência!

    ResponderExcluir
  37. Somos a continuação desse ministérios, ou seja tudo o que nossos irmãos e o próprio Senhor fez, foi a favor do ministério do Corpo, o Corpo é Cristo vc. Crê??? então aqui está a diferença, se estamos ligados nesse mesmo fluir dos membros, retendo a Cabeça que é Cristo, cada membro, funcionando (veja bem, ligado no Corpo, retendo a Cabeça) assim meu irmão acontece a edificação por meio da ajuda mútua de cada membro no Corpo, assim sendo acontece a edificação, o verdadeiro ministério do Corpo, é algo profundo, e que não pode ser tratatado de maneira tão leve, se meu dedo machuca, da minha mão esquerda, minha mão direita estará de pronto p/ suprir ajuda, o ministério do Corpo é perfeito p/ entender esse ministério, a ajuda no Corpo, é feito por esse ministério que supre vida a todos os membros, através do Cabeça. O ministério é esse meu amado, a restauração é isso! igrejas ministeriais é algo exterior vc. insiste em dizer que é p/ manipular, (sabemos que existe essa situação aqui no Brasil, infelizmente, mas vc. está generalizando)quando o genuino ministério é p/ ajuda do Corpo. parece que vc. ficou c/ trauma irmão, irmão a meta é o Corpo de Cristo, a restauração é p/ isso. amém??? sou sua irmã em Cristo, que reuniu no ministério do Dong, vc. reunia tb lá????

    ResponderExcluir
  38. Trauma? Essa foi muito boa!
    Estamos agora entrando no ramo da psicologia!
    Parece uma boa estratégia quando se quer fugir do ramo bíblico!
    Conheci ambos ministérios, minha amada irmã, e ambos destoam de forma considerável do ministério de W. Nee, e, principalmente, da verdade bíblica da inclusão de todos os crentes. Embora tenha reunido com alguns irmãos da Alemanha, são os dos EUA que apresentam um quadro mais preocupante. Engraçado que Dong, sabedor destes problemas, tem investido em Sttutgart e outras cidades alemãs. Com exceção de umas poucas, a maioria das igrejas vive uma vida de frieza espiritual. E isso não de agora, data dos anos 80, quando W. Lee quis dar uma chacoalhada nas igrejas por meio dos tais "grupos vitais", no início dos anos 90. Procure se inteirar de tudo cara irmã... Certamente você ainda está num mover de "empolgação" e "deslumbramento" com o "único ministério", e necessita de um pouco mais de aprofundamento na palavra.
    Com relação a quem sou, isso não importa! Basta apenas citar que conheço os livros de Nee e Lee há mais de 25 anos, e reuni com Dong 5 anos e por mais cinco tenho conhecido o outro lado. Não vi diferença substancial, apenas de discurso!
    Hoje luto pelas igrejas locais! LOCAIS! Para que saibam discernir os ministérios e os ministros, e saibam discernir o que vem ou não de Deus.
    Uma abraço!

    ResponderExcluir
  39. vc. pode ter todo esse conhecimento mental, mas é bastante cético em relação ao ministério, vc. simplesmente expõe de uma maneira incrédula, então vc. acha que o ministério do Corpo é pouca coisa??? o homem corporativo está se formando e vc. fica ai, distraindo c/ ministérios, ministros...."lutando pelas igrejas locais", quem edifica é a vida do Senhor meu caro, da nossa parte devemos posicionar debaixo desse ministério, o que vc. chama de "empolgação e deslumbramento", vc. se atreveria a dizer o que disse p/ o ministério do Senhor Jesus??? é nesse que continuamos, vc. deve ter visto coisas negativas, mas ainda assim estamos no processo de edificação....dá até medo de perguntar, mas vou arriscar, vc tb tem um ministério????sobre qual base vc fala com tanta autoridade???vc. conheceu os 02 lados, eu também........mas segue uma única pergunta HOJE, em qual ministério está???será que é a que o Paulo Fernando está?reunindo nas casas???

    ResponderExcluir
  40. É interessante como você equipara o "Único ministério" de W. Lee ao ministério da nova aliança, o ministério de Cristo, como se fossem exatamente a mesma coisa. Interessante você partir dessa premissa. Lembra os "irmãos entremesclados" quando orientam a orar-ler as notas de rodapé da Versão Restauração, como se fossem a própria Palavra de Deus, a Bíblia, que está na parte de cima. Contudo, fique claro: a Bíblia é a parte de cima, e as notas de rodapé são para aprofundar o que está na parte de cima, não serem tomadas como de mesmo valor. As notas de rodapé tem função que a obra do Ir. Nee tem, a obra de C.H. Mackintosh tem, a obra que Jessie-Pen-Lewis, a obra de T. Austin Sparks tem... a função de nos levar à verdade bíblica. Da mesma forma, o ministério de W. Lee, ao invês de assumir-se como o único, deveria posicionar-se como um mais um ministério que nos leva ao "Único ministério Neo-Testamentário" que o ministério da nova aliança, que tem como centro Cristo como o Espírito que dá vida sendo acrescido ao interior dos crentes. Esta posição, que certamente é bem mais humilde, porque é a posição de servidão aos santos, certamente traria legitimidade e promoveria a inclusão dos crentes. Que fique claro...
    Mas, gostaria de entender a pergunta: "vc tb tem um ministério????". Se é uma instituição, com uma editora, com um grupo de empregados e cooperadores assalariados, com escritórios espalhados em várias partes do mundo, que movimenta milhões de dólares... infelizmente, não!
    Mas se é sobre o cuidado de irmãos em diversas cidades, pagando O transporte com recurso próprio, tendo o simples prazer de estar com eles, compartilhando a palavra, orando com eles, orando pelos doentes, consolando os aflitos, pregando o evangelho de porta em porta, encorajando-os a abandonarem as placas mas não os irmãos das denominações, a reunirem-se como igreja, tendo comunhão mesmo com os irmãos "donguistas" que ultimamente vociferam ódio contra nós, mas que os consideramos como igreja, assim como os demais irmãos de cada cidade, estando também abertos à comunhão com os "irmãos entremesclados" quando apenas querem ter comunhão conosco com base na fé comum - mas somente até o momento em que eles nos pedem para preencher suas fichinhas, ou até o momento em que oferecem-nos seus livros, a partir daí lhes desejamos um "bom dia" e "até a próxima" - e que o ganho disso tudo é puramente espiritual, sem "forçação" de barra... bem, a resposta seria sim!
    E por fim:
    Quem é Paulo Fernando?
    Se é um irmão amado, quero conhecê-lo. Ele reúne nas casas? Que Deus o abençõe e a você também!

    ResponderExcluir
  41. Nunca a igreja professa teve tanta influência e prestígio. Nunca tantos pastores ou líderes foram chamados de homens de Deus, adorados, seguidos e ouvidos. Coincidência ou cumprimento profético? "Ai de vós quando todos os homens falarem bem de vós, porque assim faziam seus pais aos falsos profetas" (Lc 6:26). Nunca os templos estiveram tão lotados para ouvir esses "homens de Deus" pregarem.
    É um novo tipo de idolatria que surge. A evangélica. Com muitos servindo e honrando mais a organização na qual pertencem e às lideranças do movimento que ao próprio Deus. Na verdade a grande maioria, dentro da igreja professa e politizada, despreza o quão sério é desobedecer a ordem divina e permanecer no meio dos apóstatas: “Sai dela povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados e para que não incorra nas suas pragas.” (Ap 18:4)
    Há uma grande diferença entre imagens de escultura e aqueles que a si mesmo declaram-se “apóstolos”. Ídolos esses que dizem ser ungidos do Senhor; tem boca e falam; tem olhos e vêem; têm ouvidos e ouvem (apenas os bajuladores); tem nariz e cheiram; tem mão e apalpam; tem pés e andam.
    “Mas aquele consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.” (Jo 14:26).
    A igreja do Senhor Jesus não precisa de novos ensinos e muito menos da nova revelação atualizadora vinda dos “ungidos”, porque a unção que dela recebemos é verdadeira: “Mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nela permanecereis”. (1Jo 2:27b).
    E ainda, amados, inocentes santos irmãos são coagidos a deixarem empregos e entrarem no “ceape”. As mensalidades são arcadas pelos próprios candidatos e no fim do curso formam-
    se em “colportores” da editora da organização, que trabalharão em regime de escravidão, sob a farsa de que, procedendo desse modo, tornam-se “apóstolos” e “sacerdotes”. Desde quando o Senhor exortou ou enviou alguém a vender livros ou qualquer outro tipo de penduricalhos espirituais? Muito pelo contrário, Ele chamou isso de “Covil de Salteadores” e virou as mesas!
    Só há um seminário que todos devemos fazer para sermos aprovados por Deus para excelente obra, e é conhecido nas Sagradas Escrituras como “tribulação”: “fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus.” (At 14:22)
    No seminário da vida cristã é assim: as matrículas ainda estão abertas mesmo aos que não puderam pagar, visto que são escritos no céu e o professor é o próprio Senhor Jesus.


    Na comunhão do Espírito Santo

    Tomas Han

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. moiseslbm@hotmail.com31 março, 2012

      O proposito eterno de Deus e o de ter uma familia de muitos filhos semelhantes a Jesus.isto estava em seu coração antes da fundação do mundo. E Ele o tem cumprido,e por Jesus a vontade de Deus tem prosperado na vida de todos os que de fato deixaram de ser independentes de Deus P/ se tornarem dependentes Dele pela fé e um arrependimento genuino em que de fato e de verdade o Reino de Deus entra em nosso coração pelo seu Espirito q nos foi dado. Q venha o seu reino e termine o nosso; mesmo que isso custe o negar-se a si mesmo, tomar a cruz e renunciar a tudo para ter aquele tesouro que nos torna ricos para com Deus, Aquele tesouro em vasos de barro, Jesus! acredito que todo o problema das congregações evangelicas esta em algo que elas tem ignorado nestes seculos que diz respeito a "unidada da igreja" a falta de ordem e de governo de Deus. Assim como Jerusalem nos dias de Neemias: "tambem esta derribado o muro de Jerusalem, e as suas portas queimadas a fogo". Ora nesta epoca Jerusalem ja estava com o templo construido mas, estava sem muros! e por estarem sem muros todos mandavam e desmandavam e havia toda especie de influencia principalmente daqueles que eram inimigos de Jerusalem. Que todos nos possamos nos unir e edificar os muros de Jerusalem.e que seja restaurados os muros da igreja em cada cidade do Brasil.

      Excluir
  42. Meu irmão, realmente é a útima vez que escrevo essas linhas, não tenho intenção de defender nada aqui, na verdade, não temos do que se defender, quando falei p/ vc. do ministério do corpo, é isso que tenho experimentando, e é exatamente c/ vc. falou a meta é o ministério neotestamentário, A BASE CORRETA É ESSA, sabe irmão sou pecadora, menos que nada, mas pelas misericórdias do Senhor, o Senhor me trouxe p/ sua restauração, e até agora, ninguém veio com fichinha, ou "empurrar livros", não imaginava o que era viver para o corpo de Cristo, e temos o sentimento como o do Senhor de acolher todos os irmãos, ainda mais os "Donguistas", tenho uma irmã na carne que ainda resta nesse ministério, a questão que vc. levanta com relação aos irmãos intremesclados, na verdade devemos zelar pela restauração sim, pq a verdadeira restauração é pura, sem fermento tem tudo a ver c/ a própria pessoa do Senhor Jesus, irmão quando contatei a restauração, fui com o mesmo coração de Balaão, não cria "nesse ministério", mas não pude ir de contra, vc. precisa conhecer intimamente o que vc. tanto ataca.....senti profundamente no meu espirito, que há uma sustentação da verdade por parte da restauração!! e quando vc. diz que é a mesma coisa, que os Donguistas, puxa o seu ser está fechado p/ a restauração.....lastimável irmão, paro por aqui, que o Senhor tenha misericórdia de todos nós!!!! na paz...irmã em Cristo

    ResponderExcluir
  43. Notem bem que estou distinguindo aqui entre a mera diferença de opiniões, as quais sempre se respeita embora não se seja obrigado a concordar, da verdade. Discordar da verdade é no mínimo ser conivente com a mentira, cujo pai todos nós bem sabemos quem é!Aos que porventura possam minimizar esta busca por base Bíblica como uma "mera questão doutrinária", gostaria de lembrar que o que nos liberta é o conhecimento da verdade (Jo 8:32) e não a aceitação de uma concepção particular que um grupo de pessoas possa imaginar ser a verdade. Somente a genuína realidade da verdade pode nos santificar (Jo 17:19), e é como base e coluna desta verdade que a Igreja existe nesta terra (1 Tm 3:15).
    Paulo Fernando
    Voznaweb@unidade.cjb.net

    O texto completo sobre a Avaliação dos Frutos, em *.rtf (Word, Staroffice, ..), para Download

    Se quiser enviar mensagem aos líderes da obra, basta enviar e-mail ao grupo via restaura@br.egroups.com
    Se quiser enviar mensagem ao grupo aberto de comunhão sobre o assunto desta página, envie e-mail para

    aguas_de_descanso@yahoogrupos.com.br

    Se quiser se inscrever e participar do grupo aberto de comunhão sobre o assunto desta página, envie e-mail para

    aguas_de_descanso-subscribe@yahoogrupos.com.br

    ResponderExcluir
  44. amém meu nome é Rodrigo sou ex integrante desta seita que se entitula a unica igreja a ser salva!participei do seminario deles que se chama ceape:cetro de aperfeiçoamento para a propagaçao do evangelho, no principio foi bom aprendi a palavra a estudei com mais intencidade. logo após fui colocado a frente da casa de colportores aonde vendia-mos livros para sobreviver com a intençao de pregar o evangelho!como eu nao puxava o saco deles querian me afastar da liderança desta casa que era uma extençao do seminario,até entao tudo estava bem até o dia de me acuzarém de roubo sem provas!! segui em frente após este delito mais uma calunia.como me casei com uma irma do seminario com quem estou ate o dia hoge tambem fui acuzado de bater na minha esposa..tomei minha decisao orei e me afastei!!!sua doutrina era pregar a palavra da vida nomal da igreja aonde e melhor dar um jeito no irmao que eles nao gostam, sou um pecador que graça ganhou me sinto feliz por nao estar mais nesta seita espero que isto ajude a outros irmaos a nao cair nesta falcidade de que vc tem que negar a vida da alma para ganhar o reino.nao posso negar o que sou. se em genises dis que somos alma vivente!!!! amem um abraço!!

    ResponderExcluir
  45. O modelo pelo qual Dong Yu Lan pratica seu ministério baseia-se totalmente na centralização administrativa, o que era também uma prática de Witness Lee. O tal grupo de cooperadores de Dong Yu Lan também foi, e ainda é, uma prática dos "Irmãos Entremesclados". O uso de uma empresa - uma "editora" - como disseminadora de um único material a ser utilizado pelas igrejas, onde os ensinamentos produzidos por tal editora são disseminados entre as localidades, também é prática tanto de Dong como dos cooperadores de Lee. As igrejas locais, induzidas a assumirem um prédio fixo, com CNPJ e inscrição na junta comercial, também é prática de ambos. Se fôssemos relacionar todos os pontos que levam à conclusão de que este modelo de "localismo" que conhecemos nada mais é que mais um sistema de controle humano, levaríamos dias e dias, ocuparíamos páginas e páginas.
    A base da localidade, a relação ministério e igrejas locais, são assuntos amplamente debatidos pelo Ir. Nee no seu livro "A vida normal na igreja cristã". Se fizermos, a título de análise básica, a comparação desta obra com a série de livros publicados pela Ed. Árvore da Vida: "Treinamento de Presbíteros", em 8 volumes, a qual é a transcrição de uma conferência de W. Lee em 1984, veremos o profundo desvio das práticas de Lee em relação ao que propôs W. Nee. Uniformidade ministerial, igrejas "iguais" em sabor e odor, uma única publicação... todos esses pontos são largamente utilizados por Dong Yu Lan. Até o tal treinamento para tempo integral tem o seu genérico no caso donguista: o Ceape. Ambos, Ceape e FTT, tem o mesmo propósito: levar as igrejas locais a serem igrejas ministeriais, tendo como base o "único ensinamento", promovido pela literatura que produzem.
    O que precisamos, todos aqueles que visualizaram este quadro, é nos posicionarmos como igrejas nas localidades, assumindo o caráter "intensamente local" (W. Nee - A vida cristã normal da igreja) das igrejas. Isso implica julgar os ministérios, e aplicar os ensinamentos saudáveis para a edificação da igreja local. Implica também não promover a comunhão "ministerial" das igrejas locais, mas sim promover a comunhão "espiritual" das igrejas locais. Implica em praticar a igreja não como uma empresa com cadastro jurídico, mas como um ajuntamento orgânico, não institucionalizado.
    Só assim teremos verdadeiramente as igrejas locais! Se não, o modelo "Donguista" e "Leenista" de "localismo" continuará a devastar vidas de santos legítimos e que amam ao Senhor.

    ResponderExcluir
  46. Irmãos, para não haver confusão sobre a palavra MINISTÉRIO, é bem simples lembrar do principio básico que o irmão Nee, nos deixou, o Ministério é p/ as igrejas e não as igrejas para o ministério, se isso nortear nossa visão, então saberemos qual o ministério de fato que promove a verdadeira, genuina, edificação do Corpo de Cristo, que promove Sua Expressão, e que pode dar o verdadeiro testemunho da Pessoa do Senhor Jesus!!!! aleluia, o Senhor me revelou no meu espirito e nenhum homem na terra, poderá mudar isso, o ministério do irmão Dong, é particular está confirmado, pq nas localidades do Brasil, as localidades são para esse ministério, então é mais um ministério que faz parte do cristianismo caido, Graças ao Senhor que me tirou desse lugar com Sua Mão Poderosa, e Suas muitas Misericórdias!!!! Aleluiass!!!!

    ResponderExcluir
  47. Shalom!
    Achei muito proveitoso o material acima, pude receber ajuda em cada citação dos irmãos. Sou um irmão em Cristo que algum tempo atrás foi tirado de uma divisão. Realmente podemos perceber algo errado em algumas coisas atualmente. Conheço os argumentos tanto dos irmãos entremesclados quanto dos irmãos que apóiam a obra do irmão Dong. Posso apenas perguntar; Quem é Paulo?Quem é Cefas?Quem é W. Nee? Quem é W. Lee? Quem são os irmãos entremesclados? Quem é Dong Yu Lan?
    Servos de Cristo! Se podemos apontar erros em seu serviço é porque são homens, mas tudo passará pelo fogo. Presisamos hoje nos preocupar com a vontade do Senhor, e creio que esta é edificar Sua Igreja, devemos voltar nossos olhos para as igrejas, uma igreja em cada cidade, não importa se meu irmão lê alimento diário ou matinal, têm ele lido a bíblia e tocado no Senhor? Este irmão, não importando se ele se parece comigo ou não, sendo meu irmão, devo recebê-lo. Se Cristo recebeu, eu o recebo também, se praticarmos isso em cada cidade o Senhor nos levará a Sua estatura. Assim vamos receber cada irmão em nossa cidade, não para discutir opniões, mas para comunhão no Senhor. Não devemos impor leitura ou proibir leitura, devemos nos reunir com o Senhor Jesus no Centro, evitar levar para igreja qualquer coisa que possa ser queimada, ou seja, que não seja Cristo. Se existe partir-do-pão em sua cidade por dois grupos que se chamam igreja nesta cidade, temo que esta igreja seja carnal, mas ainda é uma igreja, uma. Precisamos não apenas falar sobre a cruz ou negar a si mesmo, mas orar para que o Senhor aprique a cruz no mais profundo do nosso ser, assim seremos um com os irmãos, suportando uns aos outros em amor. Não seremos um com Paulo ou Pedro, nem um com os irmãos da obra tal ou da cidade tal, mas um com os irmãos da nossa cidade, depois desse passo, o Senhor nos levará adiante. Que o Senhor tenha misericórdia de nós.

    Denys dos Santos
    denyssantos@bol.com.br

    ResponderExcluir
  48. Meu irmão Denys,

    Não se trata de quem "apoia quem", precisamos tomar a linha que o próprio Senhor deixou p/ os Seus, hoje ele está fazendo sua obra no meio de nós, através de sua RESTAURAÇÃO, nós estamos sendo transformados N'Ele. estamos tornando tal como ele é, sem a deidade, mas somos sua reprodução.
    Não falo de modo leviano, é muito sério esta questão pois envolve a Pessoa de Cristo, o ministério na verdade é o próprio Cristo. mas meu amado vc. está num precioso principio, receber todos os filhos de Deus em sua cidade, pois assim como o Senhor recebeu a todos, assim devemos ser, pois somos sua reprodução.

    Irmão fique na paz do Senhor Jesus, que Ele abençoe Sua restauração, que seu precioso Corpo, possa se mover em toda terra, expressando toda sua glória e plenitude de sua rica vida, pois somente Cristo é a fonte da vida! ALELUIA! Honra, Louvor e glória a ti Senhor!

    ResponderExcluir
  49. amados amemos ums aos outros sera que somos meninos em Cristo? o Espirito testifica com nosso espirito a respeito da verdade a maior degradaçao na obra do Senhor e perdermos tempo com geneologias e falatorios vamos salvar vidas para nosso Senhor lembremo-nos somos apenas servos por meio de quem cremos JESUS CRISTO NOSSO SENHOR.

    ResponderExcluir
  50. Louvado seja o Senhor, que é luz não que seu povo viva em trevas, o ministério é para a igreja,Donguistas, e entremesclados

    ResponderExcluir
  51. (Está também no outro tópico)
    As divisões não param!
    A mais nova vítima do truculento sistema donguista foi o irmão Helcio (O Helcio de Brasília), antes ferrenho defensor do "ministério" de Dong Yu Lan, mas agora acusado de usurpar a obra na África, a qual ele regia com mão de ferro.
    A alegação é a de que o ir. Helcio estava opondo-se severamente ao ministério de Dong, chamando-o de "Grande Babilônia"...
    Para vários líderes das igrejas sob o ministério donguista foram enviados e-mails informando a respeito, no último dia 23 de outubro. O desligamento do Ir. Helcio data do dia 21 de outubro.
    Quem diria que um grande defensor do "ministério" donguista, como bem mostra um vídeo do Youtube (http://www.youtube.com/watch? v=ktMcaiU0uHY&feature=related) tornaria-se um ferrenho opositor...
    A casa caiu...
    Mais do que nunca a seita local exacerba nos erros contra os quais ela nasceu e pautou sua crítica: os do cristianismo caído e degradado...
    "SAI DELA POVO MEU!" (Ap. 18:14)

    ResponderExcluir
  52. Parece que o nome do projeto sob a direção do Helcio é "África Livre".
    Ele postou no twitter, dia 31/10:
    "We are not for sale! Pela África livre!"
    Ele twitou também que existem novas contas para recebimento de ofertas!
    A coisa parece estar feia!

    ResponderExcluir
  53. igualzinho ao que o dong fez com a restauração do Senhor, IDENTICO.

    ResponderExcluir
  54. exatamente..concordo com o comentário acima.
    O que o Dong fez com a Restauracao,tomando seu próprio caminho,o seu aluno(Hélcio Almeida),aprendeu tudo o que tinha de aprender e fez igual ao professor.
    Esta escola esta formando mais alunos..esperem que virao mais..Aquilo nao vai ficar pedra sobre pedra

    ResponderExcluir
  55. Deus nos consola como uma mãe16 novembro, 2010

    Isaías

    66.12 Porque assim diz o SENHOR: Eis que estenderei sobre ela a paz, como um rio, e a glória das nações, como um ribeiro que trasborda; então, mamareis, ao colo vos trarão e sobre os joelhos vos afagarão.
    66.13 Como a alguém que sua mãe consola, assim eu vos consolarei; e em Jerusalém vós sereis consolados.

    ResponderExcluir
  56. ...essa sensação de prazer que vc sente pela degradação dos irmãos, tem uma só origem " lúcifer" nunca que o senhor Jesus aprovaria um sentimento tão maligno como esse,satanás é o único acusador dos irmãos, e seu odor é de enxofre puro...se eu fosse vc pediria perdão ao senhor e se lavaria imediatamente no sangue de Jesus,ficará mais alvo do que a neve...jesus é nosso justo juiz.

    ResponderExcluir
  57. Puxa, que confusão em nosso meio, estamos chorando aqui pela unidade, querendo caminhar com todos os santos, os irmãos do ministério do Dong, não estão entendo nada, oramos, amamos e choramos por vcs. irmãos.

    ResponderExcluir
  58. que tal voltarmos para o nosso espírito onde o Espírito de Deus habita e ficarmos ali refugiados. O que acontece ao redor... bem, a biblia já diz..."importa que haja divisões(partido) para que os aprovados se tornem conhecidos... 1ºcorintios 11:19
    Devemos prezar nossa liberdade também: Se Cristo vos libertou,verdadeiramente sereis livres... O que os irmãos de todas as eras, os contemporaneos falam escrevem em livros em palestras, etc...etc ...retenhamos o que é bom... e que de nosso ser para o viver de igreja (igreja que é o viver diário a cada momento em todas as nossas relações humanas)tenhamos vida e vida EM ABUNDANCIA.

    ResponderExcluir
  59. Irmãos,
    li o transcorrer de todo este parecer acerca da Igreja Local de Dong Yu Lan e da Igreja Local dos Irmãos Entremesclados.
    Concordo! As práticas da Igreja Local no Brasil estão longe de estar alinhadas com a verdade professada na Bíblia. Como no caso da prática do Comércio e da promoção exarcebada do nome de homens, eu diria que está mais alinhada com as obras de Satanás e de Ninrode.
    Entretanto, o problema maior para mim é ser imposto pelas lideranças o uso dos devocionais (AD e MR). Estes devocionais são ótimos, do ponto de vista do Controle da Igrejas. As igrejas devem ser livres e ter administração local, mas como no caso da carta aos gentios mencionada em Atos os Devocionais servem para manter os irmãos subordinados ao falar único (da "Igreja Matriz" – quase um Vaticano ou talvez pior). A quase 5 anos, Dong Yu Lan ministrou uma conferência em minha cidade. O que poucos sabem é que essa visita se deu devido termos alcançado a cota de Alimento Diários (isso não tem nada haver com o que tenho a dizer, só falei para constar). Falar contra o devocional é quase uma blasfêmia para alguns irmãos (infelizmente cegos). Não importa se o falar é fraco e se o instrumento é usado por Donguistas (como chamam no site: eu chamo de “os da seitinha”) para bater em Entremesclados ou vice-versa, o devocional é a “palavra atual”. O fato é que é tudo a mesma coisa. Se querem ler Watchman Nee, leiam. Se querem ler Witness Lee, leiam. Se querem ler Dong Yu Lan, leiam (eu não leio nenhum livro deste autor desde 2001 quando fiz CEAPE, a excessão do devocional que não leio a 5 semanas. Não gostei da leitura do livro a Visão do Tabernáculo, nem consegui terminar.). Entretanto, parem de promover a venda nas reuniões ou de usar os irmãos como vendores (chega de comércio). As vezes penso em exigir direitos trabalhistas por 2 anos atuando como colportor (vendedor de livros) sem ter recebido salário e sem ter carteira assinada (trabalhei até finais de semana). No CEAPE, por exemplo, as experiências louvadas pela coordenação não era a de pessoas ganhas pela palavra ou de batismos, mas sim os valores vendidos pelos irmãos (equipe X vendeu R$ 5500.00 e a equipe Y vendeu R$ 650.00. Equipe Y precisa se arrepender, orar mais.).
    Mesmo assim, minha palavra é para todos. Por mais que escrevamos claramente mil itens que mostrem o quão o sistema é demoníaco, só o Senhor pode curar o cego, o paralítico, o leproso e ressuscitar os mortos. A palavra aqui é clara. Eu estou claro. Porém, só Senhor Jesus pode curar essas enfermidades. 20 anos de submissão ao ministério particular de alguém não se desfazem com boas palavra, mas com a palavra do Senhor Jesus.
    Amo os irmãos todos, mas odeio o sistema.
    De seu conservo.

    ResponderExcluir
  60. é IRMÃO, IGUAL A MIM, 19 ANOS, MAS HOJE LONGE DE TUDO ISSO, posso ver mais clao, estava debaixo de julgo de homens, sem a base verdadeira do trabalhar do Deus Triúno, vc nem imagina como é o alimento na restauração, alimento saudável, cheio de vitaminas, que sustenta nosso homem interior, prove a comida e verás do que falo.

    ResponderExcluir
  61. Minha oração amado é que o Senhor ilumine suas igrejas para que elas se libertem de tais "rapinadores" da palavra. Vendedores e seus escritórios (empresas), que se apropriaram da visão celestial da vida da igreja genuína e em cima dela ganham vultosas quantias, e para não ver seu império ruir, promovem a difamação de amados santos que querem buscar o Senhor genuinamente. No início do ano tive comunhão com um irmão brasileiro, cooperador dos entremesclados. Falei para ele de alguns irmãos que poderíamos contatar, e lembrei de um grupo de irmãos em uma localidade, que haviam saído do ministério de Dong e estavam lendo apenas a Bíblia nas reuniões. A resposta me deixou assustado: "É, irmão, a questão é que esses que só querem a Bíblia são um problema".
    A intenção desse irmão não é a palavra pura, mas encher e empanturrar os irmãos com seus livros e devocionais. Querer apenas a palavra pura não é negócio para eles.
    Que Deus ilumine seus filhos.

    ResponderExcluir
  62. estou reunindo na restauração e na prática, ainda ninguem veio me "empurrar", livros da restauração, aliás ganhei uma biblia versão restauração gratuita, não paguei um centavo, muito estranha essa conversa sua, e tem mais já tem um site disponibilizando literatura gratuita e saudável, o que vc. pode me falar disso então??? um dos livros "A ECONOMIA DE DEUS", está nesse site, aproveite p/ desfrutar.

    ResponderExcluir
  63. Para o irmao anonimo ,Penúltimo comentário

    que comentário cheio de veneno! Se o irmao falou que eles só querem lerem a Biblia nao foi reprovando-os.porque,todos os livros devocionais como vc se refere,sao extraidos da Pura Palavra,e chegados até a nós como cristais,a Palavra cheia de revelacao.

    Se voce acha capaz de Ler somente a 'Biblia sem ajuda de todos os irmaos que o Senhor levantou no decorrer dos séculos,vá ao tanque de Siloé e lave seus olhos.
    Voces sempre distorcendo tudo o que os irmaos falam

    ResponderExcluir
  64. Podem falar o que for: veneno, divisão, rebeldia, etc, etc...
    A questão é que a promoção de devocionais só promove confusão!
    Ler livros e devocionais não faz mal a ninguém, desde que sejam livros de explique a Bíblia e nos levem a amá-la cada vez mais!
    Entretanto, promover devocionais, livros, levar os irmãos a lê-los coletivamente como "encargo" das igrejas, só tem se provado como um instrumento de controle das igrejas, para que sigam um caminho sistematizado, e os profetas sejam "domesticados".
    Uma obra comprometida com a liberdade espiritual jamais proporia tal mover nas igrejas.
    E o cúmulo é o que escrevi há pouco: o desprezo pelos irmãos que apenas adotam a Bíblia nas reuniões. Alguns desses irmãos lêem livros espirituais de ministros escolhidos por Deus para ensinar às igrejas. Mas jamais os adotam nas reuniões, como encargo imposto sobre os outros. A leitura é livre. O livro-base é simplesmente a Bíblia, e isto NAS REUNIÕES.
    Em nenhum momento falei que leitura é errada FORA DAS REUNIÕES, mas adotar livros extras NAS REUNIÕES é uma medida sorrateira, que não visa edificar os santos, mas controlá-los debaixo de um ministério específico.
    Meus olhos estão limpos, e vejo claramente tudo que está acontecendo, e posiciono-me por Deus e a visão de sua igreja. Posiciono-me pelo que está na Palavra do Senhor, e não em interpretações grosseiras de tendenciosas de "ministros" ávidos por lucro e poder.

    ResponderExcluir
  65. E quantas vezes já aconteceu de irmos visitar algum irmão que estava afastado ou enfraquecido e chegando lá (ao invés de ler uma passagem da bíblia deixando que o Espírito Santo falasse de acordo com a necessidade do irmão)líamos o Alimento Diário !!! Às vezes o assunto do Alimento Diário era sequencial, ou falava de assuntos que não eram de acordo com a necessidade do irmão naquele momento ! Sempre achei que o AD não deveria ser usado pra visitas, mas como não podemos ter opinião, né ?

    ResponderExcluir
  66. Pois saiba irmão, que isso se tornou um intermediário entre Cristo e a comunhão, irmão quando entra algo separando-nos dessa comunhão genuina com Cristo, devemos ser agressivos e não abaixar de forma nenhuma p/ o homem, pois servimos a Cristo e não homens. O único que tem que aparecer no Corpo de Cristo, é Cristo somente e não "certo irmão" que eles consideram profeta, ungido, etc

    ResponderExcluir
  67. menos dong e mahs e mais CRISTO!

    ResponderExcluir
  68. meu amado irmao,falei acima que voce está distorcendo as coisas...
    Impor uma leitura aos irmaos,é uma coisa e ter os livros para nos levarem a Bíblia é outra..
    o que o Dong faz é impor o Alimento diário.
    mas,na Genuína Restauracao nunca ví esta tendencia,mesmo porque nossa comunhao nao é baseada de quem lê x ou y.
    Voce generalizou e é uma coisa que nao há no nosso meio.porque infelizmente,dong yu lan,usa o nome de Restauracao.Mas há Genuína Restauracao
    Irmao,nao é mais precioso desfrutar o que o Senhor fala nos versículos, e as notas de rodapé revelam, e tb há a colecao "Estudo Vida".
    Eu se vc,experementaría..
    Nao é nada mais diabólico do que ficarmos na Arvore do conhecimento do bem mal..alías esta arvore é proprio Satanás..
    Vamos comer a Arvore da Vida,comer Cristo..
    Que banquete nós temos..comer,comer e comer..oh que descanso,que satisfacao...
    É isto que o Senhor quer que O comamos e O desfrutemos aleluia!

    ResponderExcluir
  69. A experiencia do irmao acima que fala de Livros devocionais,NAO condiz com a minha..
    Há muitos contra..a leitura dos livros,ha muitos contra o Invocar,Há muitos contra,enfim a Restauracao... Na verdade eu me pergunto,o que sao estes argumentos cheios de direitos,razoes,perante o Senhor e Sua Restauracao?
    Irmaos,o inimigo sabe onde está a Genuína Restauracao,ataques vai ter sempre..
    Quem viu e experimenta,nada disso pode afetar..
    Isso tudo é Pao para comermos!

    ResponderExcluir
  70. O que é irmão Dong e seus cooperadores, em vista do Todo Poderoso, sim o Senhor de Israel, é o Seu Nome, e Ele, somente Ele é o dono da igreja, a restauração genuína voltou a brilhar no Brasil, e assim apagar a vergonha que assola esse país, diante de tantos candelabros pela terra, a era do isolamento acabou santos!!! a restauração já é realidade em quase todas as regiões no Brasil, em minha localidade, Nosso Senhor por Suas misericórdias que são eternas, está lembrando de suas ovelhas e reivindicando as suas ovelhas e estas reconhecem A Voz de Seu Único Pastor!!! Glória ao Senhor, rendemos graças a ti, p/ vegonha do inimigo, a glória p/ Cristo e benção p/ Seu Maravilhoso Corpo!!!

    ResponderExcluir
  71. 0 único que não está preocupado com toda esta confusão, é mesmo O Senhor Jesus! Se voce prestar atenção na oração em João 17: O senhor diz para que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, tambem SEJAM ELES EM NÓS... Vemos que o Senhor quer unidade com ELE.
    A unidade entre cristão jamais veremos. Tudo que temos visto é esforço humano pra manter as ovelhas no aprisco.o que o Senhor falou na cruz continua valendo até hoje.Perdoa-os porque não sabem o que fazem. Jesus é o Senhor.

    ResponderExcluir
  72. Não meu irmão, se o próprio Senhor falou p/ que sejamos um, assim como o pai é um Nele, existe sim um lugar de Descanso p/ O Senhor, um testemunho de Jesus na terra, existe é vivo e real! aleluia pelo Maravilhoso Corpo de Cristo!

    ResponderExcluir
  73. toda essa discussão...

    ResponderExcluir
  74. sei não...em?

    ResponderExcluir
  75. Engraçado, que a preocupação seja esta, quem esta errado, quem está certo? pelo que eu vejo, os irmãos deveriam se unir, afim de glorificar o nome de cristo, utilizar a internet como forme de divulgar a palavra de cristo como vida às pessoas, mais o que estamos presenciando é não só pela internet mais no próprio boca a boca, palavras que levam morte, é isso mesmo, os irmãos que sempre foram usados pelo Senhor para levar vida aos outros membros do corpo, agora estão preocupados em levar morte, falando que o Irmão Dong está errado, e outros dizendo que os irmãos americanos é que estão errados. Nasci na vida da igreja e tenho 21 anos, meus pais sempre me ensinaram a andar na verdade e seguir a palavra do Senhor, mais agora o que ouço na igreja é condenação, divisão, certo e errado. Por um acaso o senhor não nos ensina que não estamos aqui para julgar, que o unico que tem poder para isso é ele próprio? quem somos nós para julgar alguem, e o principal, CERTO E ERRADO? por um acaso é isso que o senhor nos ensina? ao meu ver o senhor não está preocupado com certo e errado, irmão culto ou inculto, sabio ou ignorante, ele está preocupado com o quanto esse filho seu desfruta dele. Eu fico muito triste com essa situação e temo que o Senhor tome uma atitude mais forte. que o senhor possa fazer com que os irmãos voltem ao primeiro amor, e amem uns aos outros nãos importa aonde se reunam.

    Jesus é o Senhor. Aleluia.

    ResponderExcluir
  76. O criança em Cristo, vc. não sabe de nada do que acontece....(acho que é bom nem saber), DECEPÇÃO!

    ResponderExcluir
  77. ahora che cheaa que problema la Hno kuera oikova en el alma.

    ResponderExcluir
  78. Amados Hermanos en Cristo Jesus Señor nuestro, vamos a invocar el nombre del Señor y disfrutar a Cristo como nuestro complemento, sera que no se dan cuenta que el Señor esta triste al ver a sus hijos en total desacuerdo com fabulas y genealogía interminables que solo engendran contiendas mas bien que edificacion, Hnos supestamente responsables disputando y peleando como niños en vez de que todos nos pongamos a predicar y ganar personas para Él, porque el dia se acerca y el Señor quiere encontrar a sus hijos velando, orando y clamando a una sola voz "Jesus es el Señor",si alguno dice:yo soy de Pablo, otro de Apolos, de Cefas o yo soy de Cristo; es fruto de la inmadurez,TODOS SOMOS DE CRISTO, EL CRECIMIENTO Y LA EDIFICACION PROVIENE DE DIOS. Hnos de Py.

    ResponderExcluir
  79. eu só queria dizer o que importa pra Deus é a nossa preça, discutir ou falar mal de qual quer irmão é falar mal do proprio Epirito Santo. o que eu tenho a dizer a todos voces que estão falando mal do bookafe colportagem, o que u tenho a dizer, é que tudo isso é de Deus. se voces não concorda é por que não teve EXPERIÊNCIAS com o Senhor. Se bookafe, colportagem é de Deus ou não, quem ta respodendo isso são os frusto que estão sendo ganhos. eu te coloco esse desafio vai um dia pro bookafe pra ver com os seus proprios olhos se é de Deus ou não. INVOQUE: Ó SENHOR JESUS

    ResponderExcluir
  80. irmao vamos pedir ao Senhor um coraçao de arrendimento. Rai Lopes

    ResponderExcluir
  81. Entre outras, invencoes desse ministerio , temos o bookafe, saibam que a única motivação do bookafe, é promover um escritor frustrado que precisa deixar um legado como foi com W.Lee ,W. Nee e muitos outros que ficaram na história, se vc prestar atenção, verá que a mais pura verdade abafada com o pretexto de levar vida para todos. Experimente colocar livros de outros escritores, vc pode ate colocar , mas terá reprovação dos controladores.

    ResponderExcluir
  82. Oh Senhor Jesus!!! Que o senhor possa fazer desse blog uma benção nas mãos do criador, que esse blog seja usado apenas para pregar o evangelho, e falar como ele é maravilhoso...
    ... Ficar falando mal assim ,não é bom, porque não está trazendo vida, precisamos apressar a vinda do Senhor, para que ele venha, e pra ele voltar precisamos estar negando nossa vida da alma e nos enchendo dele....

    ResponderExcluir
  83. Vamos dar as mãos por cima desse muro que é a religião, buscamos o mesmo SENHOR. A visão que o irmão Dong tem, é que devemos se unir pois se somos cristãos devemos seguir somente a cristo, e não a homens, somos um com uma só visão não importa onde se reunimos. Os bookafé espalhado pelo mundo, é mais uma ferramenta que o SENHOR deu para alcançar as pessoas, o livro vai onde não podemos ir. Nós vamos trazer o SENHOR de volta, mas precisamos avançar, sair da situação de ouvintes e comentaristas, e praticar as verdades ouvidas, reter o que é bom, nossa mente vontade e emoção posta no ESPIRITO, e assim fazer a vontade do SENHOR, ser um estrumento util, e a gloria é toda de nosso SENHOR JESUS CRISTO, ao inves de criticar ou analizar, vamos pedir dircenimento ao SENHOR, ele nos revela, que páz seja o arbitro de nossos corações.

    Vamos ler FILIPENSES CAP 1 ver 15 ao 18.
    JESUS é o SENHOR!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  84. Peço perdão aos irmãos de todas as denominações, pela forma que os irmãos agiram no passado, somos um corpo onde JESUS é o cabeça. Precisamos uns dos outros.

    ResponderExcluir
  85. Vixx o discurso é até convicente p/ quem não conhece!!! Sr. Dong, fala de unidade quando ele próprio desprezou a unidade genuina, se intitulando a verdadeira restauração, e desconsiderando as demais igrejas, agora vem vc. falar que ele tem visão de nos unir, PELO CONTRÁRIO, ELE ESTÁ EM UMA REBELIÃO, desde quando rompeu c/ os santos em toda a terra. a unidade que ele prega é simplesmente dentro do ministério particular dele, mas isso está muito bem escondido, das ovelhas que pensam estar em uma unidade, quando estão na verdade em mais uma divisão do Corpo de Cristo! e devemos zelar por ensinamentos diferentes que tentam entrar p/ dentro das igrejas, amamos os irmãos que estão no cristianismo, mas não aceitamos ensinamentos diferentes ao único ministério deixado por Cristo e Seus apostolos, não existe outro caminho fora esse.

    ResponderExcluir
  86. O que é o localismo?

    O empenho deles é notório em esclarecer que Igreja Local não é um nome denominacional. Para eles, tal “expressão” está relacionada a “um grupo de crentes, membros vivos de Cristo”,1 que “não pertencem a nenhuma denominação”. Entretanto, os fatos testificam que eles possuem registro de pessoa jurídica, como qualquer outra denominação ou instituição religiosa. E eles mesmos confirmam isso: “No que diz respeito às questões financeiras, as igrejas locais estão legalmente registradas com relação ao governo”.2

    Novamente, perguntamos aos membros desse grupo: “Qual é o nome de sua denominação?”. Quando a insistência da indagação exige um parecer, a resposta é indefinida, informando o nome da cidade em que a igreja se localiza: “A igreja que está em São Paulo” ou “a igreja que está em Belo Horizonte” e, caso sejam interrogados sobre o porquê da ausência do nome denominacional (o que quase sempre acontece) a resposta que se obtém é que as denominações são divisões e, como tais, geram divisões, por isso, segundo eles, só deve existir uma igreja em cada cidade com o nome da própria cidade. E, segundo ainda afirmam, todo cristão genuíno deve unir-se a essa igreja local com o nome da cidade.

    A explicação é a seguinte: se você está em Santos e necessita mudar para São Paulo, por exemplo, não precisa se preocupar quanto a que igreja deve congregar, como ocorreria com todos os membros das divisões, ou seja, das denominações. Ensinam os líderes da Igreja Local: “Você irá à igreja daquela cidade, à igreja local”. E o que estará fazendo a pessoa que entrar em qualquer outra igreja que não seja a local? Deixemos o fundador da Igreja Local, Witness Lee, responder: “Se você entrar em qualquer outra coisa afora a igreja local daquela cidade, entrará numa divisão”.3 Desta forma, os líderes advertem aos membros da Igreja Local a não manterem relações com os crentes denominacionais, mas fidelidade incondicional à sua igreja.

    Mas o ataque às igrejas evangélicas não pára, e atinge também os católicos. “Hoje em dia há principalmente dois tipos de crentes: um deles é formado pelas denominações, incluindo a Igreja Católica Romana, e o outro é composto daqueles que estão fora das divisões (leia-se denominações, grifo nosso) e sobre a base correta”.4 E como os localistas enxergam aqueles que fazem vista grossa a esta doutrina? Vejamos: “Não tente ser neutro. Não procure reconciliar as denominações com a igreja local. Você nunca conseguirá reconciliá-los. Você consegue reconciliar branco com preto? Sim, mas serão cinza; nem preto nem branco”.5

    ResponderExcluir
  87. A SEDUÇÃO DA IGREJA LOCAL

    Por Natanael Rinaldi

    O crescimento da fé evangélica no Brasil, publicado em 2002 pelos órgãos de pesquisas, rendeu comentários na televisão, nos jornais e até em capas de revista. É do conhecimento de todos que essa “massa evangélica” é constituída de várias denominações que compartilham dos mesmos conceitos doutrinários, o que promove uma comunhão sincera entre as mesmas. Assim, é muito comum nos depararmos com circunstâncias em que identificamos um irmão em Cristo e perguntamos: qual é a sua denominação?

    Para os membros da Igreja Local, isso é antibíblico. Eles têm aversão a esse tipo de pergunta. De fato, uma indagação como essa, quando direcionada aos membros da Igreja Local, é interpretada como uma ofensa. O indagador recebe deles uma pronta resposta: “As igrejas locais não têm nome. O único nome que ostentamos e honramos é o nome do Senhor Jesus [...] O termo igreja local não é um nome [...] Imprimir as palavras igreja local com letras maiúsculas é um erro sério, pois isto dá a impressão de que o nome é igreja local”.1

    ResponderExcluir
  88. continuação...
    Qual é o principal alvo da Igreja Local?

    Arrebanhar os membros das denominações evangélicas. O alvo dos localistas são os evangélicos. É essa a tática de evangelização empregada pela Igreja Local. E, (atenção!) para obterem êxito nesse propósito, lançam mão de acentuado proselitismo: “Damos boas-vindas a todos os verdadeiros crentes e buscamos comunhão com eles como nossos irmãos e irmãs em Cristo”.6

    Quando o objetivo é desarraigar o evangélico de sua “divisão” (ou seja, denominação), os localistas são amáveis, não dá para acreditar que por trás de tanta simpatia se esconde a intenção de nos tornar membros de sua igreja.

    Superficialmente, a afirmação deles é afável: “buscamos comunhão com eles como nossos irmãos em Cristo”. Mas acrescentamos: “essa comunhão, porém, só é possível se os irmãos abandonarem suas denominações e ingressarem na Igreja Local”.

    A dissimulação dos membros da Igreja Local permite que penetrem nas igrejas evangélicas para vender a literatura de Witness Lee, editado pela Árvore da Vida. Isso ocorre principalmente com a permissão de pastores evangélicos que desconhecem o movimento, e, infelizmente, não são poucos.

    Um passado desfavorável

    Parece antagônico, mas é possível definir a Igreja Local como uma facção antidenominacional. Não obstante a toda essa repulsa em relação às denominações evangélicas, a própria Igreja Local nada mais é do que uma dissidência de outras igrejas.

    Witness Lee foi grandemente influenciado pelo pastor Watchman Nee. Membro da Igreja dos Irmãos de Plymouth, Watchman Nee separou-se dessa igreja para criar o seu próprio grupo: “O Pequeno Rebanho”. Witness Lee chegou a presidir algumas comunidades da igreja do pastor Nee. Os anos se passaram e, depois da prisão de Nee, Lee criou o seu próprio grupo com suas estranhas doutrinas, levando muitos membros da igreja com ele.

    Ora, será que Lee não considerou seu próprio passado ao ensinar suas doutrinas? Historicamente, a Igreja Local é uma divisão de duas outras denominações. A própria história do grupo serve para combatê-la e reprová-la.

    Igrejas evangélicas: organizações de Satanás

    Quando não conseguem margem para efetuar seu proselitismo, os membros da Igreja Local revelam seus julgamentos sobre os evangélicos, e declaram: “Visto que a ‘Mãe das Prostituições’ é a Igreja Apóstata, as prostitutas, suas filhas, devem ser todas as diferentes facções e grupos do cristianismo que mantêm, até certo ponto, o ensinamento e as práticas e tradições da Igreja Romana apóstata”.7

    Ora, se a Igreja Católica é tida como a “Mãe das Prostituições”, quem são as “filhas prostitutas”? Segundo a lógica deles, são as igrejas evangélicas ou denominacionais. Perguntamos, então: como manter um clima de cordialidade e respeito mútuo com os localistas?

    “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” (Am 3.3).

    Sendo mais contundentes, escrevem no livro “Apocalipse, versão restaurada”: “O catolicismo romano e o protestantismo, assim como o judaísmo, estão todos nessa categoria, tornando-se uma organização de Satanás, como seu instrumento para danificar a economia de Deus”.8

    ResponderExcluir
  89. continuação...
    Heresias de perdição

    Como podemos observar em nossa última citação “As igrejas evangélicas são organizações de Satanás”. “Jesus foi corrompido por Satanás por meio de sua encarnação”. “Satanás habita no corpo do homem”.

    Três contundentes e errôneas afirmações doutrinárias.

    Assim, percebemos que a Igreja Local não pode, em nenhuma hipótese, ser considerado um movimento evangélico, pelo menos não genuinamente. O apóstolo Pedro já nos precavia sobre isso: “E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição” (2 Pe 2.1).

    Vejamos as declarações de Witness Lee: “Por isso, o homem tem não só a vida e a natureza de Satanás, mas também o próprio Satanás como tal espírito maligno operando dentro de si”.9

    “Agora, todos eles estão em nós. Adão, o ego, está na nossa alma; Satanás, o diabo, está em nosso corpo; e Deus, o Deus Triúno, está em nosso espírito”.10

    Satanás habita dentro dos cristãos? Não. Diz a Bíblia: “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1Co 6.19).

    Como Witness Lee pôde conceber tamanha heresia?! Se o corpo do cristão é o templo do Espírito Santo, como pode, ao mesmo tempo, ser habitação de Satanás? A Bíblia nos dá exemplos de homens que tinham relação com Satanás, mas esses homens não eram cristãos, absolutamente. Judas, o que traiu Jesus, era contado entre os doze apóstolos, mas, infelizmente, tornou-se habitação de Satanás: “Entrou, porém, Satanás em Judas, que tinha por sobrenome Iscariotes, o qual era do número dos doze” (Lc 22.3).

    Como podemos ver, não é necessário muito esforço para percebermos os malefícios que os ensinamentos da Igreja Local podem causar na Igreja do Senhor. Mas o teor de heresias localistas consegue ser mais profundo. Declaram que o próprio Jesus estava na mesma situação que nós ao tornar-se homem (ou seja, ao tomar o corpo humano): “Quando Deus se encarnou como homem, o tipo de homem com que Ele se vestiu era um homem corrompido por Satanás. O homem, na época da sua encarnação, já não era mais um homem puro, mas um homem arruinado, corrompido por Satanás...”.11

    Perguntamos: é esse Jesus que os evangélicos seguem? Não!

    Obviamente, a Igreja Local serve a outro Jesus, completamente estranho ao que é apresentado nas Escrituras. A respeito do nosso Jesus, a Bíblia diz: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. E o Verbo se fez carne, habitou entre nós, e vimos a sua glória como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (Jo 1.1,14).

    O texto bíblico fala de um Jesus que não se corrompeu ao tornar-se humano. Fala de um Jesus santo, imaculado, separado dos pecadores, feito mais sublime que os céus (Hb 7.26). Fala de um Jesus que, como nós, em tudo foi tentado, mas não pecou, era sem pecado (Hb 4.15).

    Não se pode dar outra designação aos ensinos de Witness Lee: são “heresias de perdição”. Devemos nos afastar de tais ensinos!

    ResponderExcluir
  90. continuação...
    Um alerta aos evangélicos

    Que se previnam e tomem muito cuidado com as heresias da Igreja Local. Devemos nos aproximar deles apenas com o objetivo de lhes pregar o verdadeiro Cristo. Infelizmente, pelo uso que fazem do nome de Watchman Nee, muitos cristãos têm abandonado suas igrejas e ingressado no movimento de Witness Lee, acreditando que, desta vez, encontraram a “verdade”.

    Os membros da Igreja Local possuem um sério compromisso com a organização a que pertencem. O exclusivismo que ostentam discrimina tudo e todos, mas eles ainda não conhecem o verdadeiro Jesus, o Jesus da Bíblia, aquele que é o caminho, a verdade e a vida (Jo14.6).

    O apóstolo Paulo disse que a verdade está em Jesus (Ef 4.21), e não em uma organização religiosa que afirma que todas as igrejas apostataram e que ela, a organização, e somente ela, possui a “verdade”.

    Amados irmãos, tomem muito cuidado!

    Notas:

    1 Idem.
    2 Idem, p. 17.
    3 A visão da igreja, pp 10,11.
    4 A expressão prática da igreja, p. 128.
    5 Idem, p. 115.
    6 O que cremos e praticamos nas igrejas locais, p. 4.
    7 Apocalipse (versão restaurada), p. 107.
    8 Idem.
    9 Lições da verdade, nível um, p. 13.
    10 A economia de Deus, p. 190.
    11 O homem e as duas árvores, p. 9.

    Fim.

    Que o Senhor Jesus Cristo, tenha misericórdia dessas pessoas que tem como principal objetivo destruir as verdadeiras igrejas em Jesus Cristo. Amém!

    ResponderExcluir
  91. oro para que o Senhor venha logo e toda essa confusao termine.ninguem deve ser senhor de nossa fé.homens usados pelo inimigo sempre tentam ser o ´senhor´dos santos.mas o CORPO SÓ TÉM UMA CABEÇA.e os que querem tirar proveito acabam perdendo a propria cabeça.A UM SO DEUS E UM SENHOR;JESUS CRISTO O JUSTO .a perda que essa divisao causou foi tremenda,aqui no sul do piaui.mas graças ao CABEÇA DO CORPO,estamos voltando para o CAMINHO DO SENHOR.aqui em floriano ,piaui,tem irmaos que viram tal desvio.e voltaram a comunhao normal.JESUS É NOSSO SENHOR.AMÉM.

    ResponderExcluir
  92. Duro é este discurso; quem o pode ouvir?
    Sabendo, pois, Jesus em si mesmo que os seus discípulos murmuravam disto, disse-lhes: Isto escandaliza-vos?
    Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava?
    O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida.
    Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar.
    E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido.
    Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele.
    Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos?
    Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.
    E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente.
    João 6:24-69

    Senhor, para quem iremos nós?
    ESTA PALAVRA FOI DITA DIRETAMENTE A CRISTO.
    A IGREJA NÃO MUDA, MAS OS INTERESSES,SIM!
    FIQUEMOS COM JESUS, SE VC JA TEVE ESTE ENCONTRO, NÃO HÁ COMO SE CONFUNDIR, SE ESTA CONFUSO, DEVE SE PREOCUPAR MUITO COM A SUA SALVAÇÃO.
    NESTE MOMENTO MILHARES DE ALMAS ESTÃO PERDIDAS, IDE!!!!!!
    QUE DEUS ABENÇOE A TODOS.


    ResponderExcluir
  93. Aleluia, o Brasil, a América do Sul, pertence a Cristo, graças ao Senhor muitos irmãos na liderença no Brasil, estão vendo o devio, o qual os santos infelizmente levados por uma liderança, sem comunhão universal c/ o Corpo de Cristo, determinou nosso isolamento das demais igrejas na terra, mas p/ derrota do inimigo, esses muros estão sendo derribados e muitos irmãos estão sendo restaurados e tendo um viver normal genuino da igreja, novamente, o que foi tomado dos santos, está sendo resgatado pelo Nosso Sumo Pastor, A Ele somente toda honra e Glória em toda a terra. A TERRA É DO SENHOR ALELUIA POR CRISTO E A IGREJA!!

    ResponderExcluir
  94. Quem mais perde aqui é Cristo, se um incrédulo entrar aqui ele continuará incrédulo, pois só existem comentários aqui falando mal do Senhor Jesus! Que confusão! satanás deve estar orgulhoso e feliz, pois conseguiu por meio do nosso ego causar divisão. Precisamos ter temor, sabedoria e espírito de luta, pois somos pelo testemunho de Deus na terra. Se não conseguimos amar os irmãos, como vamos amar a Deus?

    ResponderExcluir
  95. confusão vc. fez agora irmão, falando que estamos falando do Senhor Jesus, estamos falando do desvio da Economia de Deus, é o inverso do que vc. escreveu.....que confusão, sem entendimento algum....

    ResponderExcluir
  96. um servo do senhor não tende a contender !

    ResponderExcluir
  97. ....NÃO É CONTENDER É ESCLARECER O DESVIO....SE ISSO FOR CONTEDER NO SEU ENTENDIMENTO.....

    ResponderExcluir